Home A Autora Eu Indico Anuncie Contato

Mensagem da semana... Por Silvério Peres

postado por: Edna Lima


Olá meninas (os),                                                                         

Queria fechar os olhos e no simples ato de abri-los, poder ver muita coisa diferente. Talvez seja isso que esteja me deixando angustiada, triste e desanimada, o simples fato de fechar os olhos e quando abrir estar tudo igual.

Falar sobre depressão para mim é fácil, pois vivi e ainda vivo essa realidade diariamente e olha que agora vivo com Deus e em comunhão; essa frase acima escrevi no face no dia 15/06/11, depois de uma forte discussão com meu filho de 18 anos. Só me lembro de acordar na UTI de um hospital, dias depois, bem próxima da morte, mas Deus teve misericórdia da minha vida e me deu uma nova chance...Mas, as pessoas não, essas vivem me julgando, sou julgada o tempo todo, mas ninguém sabe o que verdadeiramente acontecia ali entre aquelas quatro e confortáveis paredes... Realmente, eu tinha tudo, mas me faltava o essencial: Amor, tanto por parte do pai quanto do filho e principalmente o verdadeiro amor, "O amor de Deus"... pois me encontrava afastada de sua presença e todos vocês sabem que quando Deus sai quem é que entra, né? E por isso que dessa vez quero fazer diferente, ou melhor, fazer a diferença! Estou viva... Glória a Deus! Um dia ainda conto aqui meu testemunho a vocês, por enquanto só peço que leiam com atenção essas palavras do Pastor Silvério Peres...http://silverioperes.wordpress.com/ E se você sofre desse mau, busque a DEUS só Ele pode mudar toda e qualquer situação... Mudou a minha e pode mudar a sua também, basta que você compreenda e queira e busque a presença do Espírito Santo sobre sua vida.


silverioperes.wordpress.com
‎"Se doí em mim sua dor, isto é amor..."



Enquanto estamos aqui vamos crescendo e amadurecendo para sermos a imagem do Cristo: E isto nos fará mais feliz? Claro que sim! E já nesta vida! É só ter uma vida reta, na presença de Deus.
                                                                           

 
 
 A Depressão continua sendo um preconceito absurdo dentro da igreja, isto porque a imagem que se tem do Cristão é a imagem errada da felicidade constante. De onde vem este paradigma? Vem do entendimento errado da conversão ao Senhor Jesus Cristo. II Cor 5 fala que alguém está em Cristo nova criatura é.

 Em Jo 3, Jesus fala que quem nascer de novo será salvo. Nicodemos não entende o que é nascer de novo, Jesus explica que é nascer da água e do Espírito (ter o Espírito e a Palavra). Para mulher samaritana Jesus (Jo 4) fala que se ela bebesse da água que ele daria, ela não teria sede jamais.

 Em I Jo, o Apóstolo João diz que quem confessar Jesus, está salvo. O Ap. Paulo fala, o mesmo, também em Romanos. Assim, Jesus e os apóstolos, em momento algum, nos dizem que seríamos felizes a todo momento, e sim, que seríamos: SALVOS! Enfim, a Bíblia nos dá a certeza da salvação e não de um corpo especial que não adoece, de uma alma humana convertida que não passa por tribulação. O Senhor deixa bem claro em João 16 que no mundo teríamos aflições. Então, você vê base bíblica para se vê feliz como um passarinho que levanta cantando todo dia?
 
Não há lugar na Bíblia, nem no Velho, nem no Novo Testamento, para uma promessa de Deus de que nesta vida não teríamos sofrimentos, muito pelo contrário, veja estes textos:
  • Apoc 1:9: Eu João, também sou vosso irmão, e companheiro na aflição, e no reino, e paciência de Jesus Cristo, estava na ilha chamada Patmos. (Ap.João)
  •  
  • II Cor.1:8: Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, pois que fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos.  (Você sabe o que é um apóstolo falar isto? Tem que ter muita humildade).
Jesus disse ainda seríamos bem-aventurados se sofrêssemos pelo seu Nome. Em Hebreus 11:35, diz que uns foram torturados e recusaram ser libertos, para poderem alcançar uma ressurreição superior. O que fazer de Hebreus 12, que diz que na disciplina ainda não temos chegados ao ponto de derramarmos nosso próprio sangue.
Não quero ser um paladino e defensor aqui do cristianismo asceta, sofredor. Acho que Deus tem vida abundante para nós: Como o Ap. Paulo fala em Fil. 4:10-13: “sei estar contente com o pouco e com o muito.” A paz do Cristão é um elemento interno e vem com as crises que passamos com Deus para amadurecermos, mas dizer que tenho Jesus e por isto estou sempre“de bem com vida” é jargão de rádios F.M (s).
De bem nada, meu irmão! Existem pessoas felizes nas igrejas, graça a Deus! Mas existem pessoas com depressão, com transtornos bipolares (sendo estudado hoje como mais de seis tipos), com síndrome do pânico, com T.O.C (transtorno que leva as pessoas a repetirem coisas que elas racionalmente não querem). Existem inúmeros PASTORES COM DEPRESSÃO que não podem falar porque vai escandalizar o intolerante, o super-crente, o defensor da “felicidade” do novo nascimento. Os consultórios de profissionais Cristãos e Terapeutas, amigos meus, são freqüentados por pastores, pastoras e bispos com depressão, isto mesmo: DEPRESSÃO! Como se eles tivessem controle sobre isto. Por acaso alguém tem controle de um A.V.C ou ataque cardíaco?
Só gostaria de te lembrar que qualquer enfermidade pode nos acometer, e os transtornos de depressão e ansiedade depende muito de sua genética e história familiar. Porque um pastor pode ter obesidade e não pode ter depressão? Por causa do cristianismo humanista, de teologia errada e anti-bíblica, que passa pela tradição, de que nascer de novo, significa andar para sempre em vitória. Isto é uma teologia farisáica, intolerante, preconceituosa e peca no amor ao outro que necessita de sua oração, compreensão e não do seu JULGAMENTO.

A depressão muitas vezes foi usada na Palavra para amadurecer homens, p. ex., David teve várias crises que cita nos salmos. Elias teve uma crise forte ao fugir de Jesabel. Ela leva muitos a reverem suas posições e obstinações; assim como um ataque cardíaco ou um câncer, leva muitos a reverem seu chamado, sua busca por Deus. Ela leva muitos a repensarem suas vidas e a dedicarem a Deus.
Não seja preconceituoso, seja irmão! Irmão mesmo: Que anda com o outro sem ser como os amigos de Jó (outro que teve depressão), mas que o dá mão, ora com ele. E lembrem-se: A grande vantagem de sermos cristãos não é para esta vida, é para o corpo da ressurreição, onde não haverá mais dor ou lágrimas. Enquanto estamos aqui vamos crescendo e amadurecendo para sermos a imagem do Cristo: E isto nos fará mais feliz? Claro que sim! E já nesta vida!

A Paz do Verbo,
Silvério Peres.





1 comentários:

Wanessa Carreiro disse...

Linda mensagem Edna... eu bem sei o que é isso, já tive um começo e graças a DEUS consegui sair antes mesmo de afetar minha saúde... Mas é mesmo como você diz, é fácil criticar quando nunca se viu numa situação assim...só quem sente sabe... Graças a DEUS que agora você está bem!
Um beijo no seu coração e tenha um lindo final de semana.